Auditoria à função “Manutenção” ​

Existem ainda muitas empresas que consideram a “Manutenção” como um custo inevitável que desejam minimizar, e que desconhecem o impacto positivo que a sua optimização e aumento de eficiência pode ter na Produtividade e Rentabilidade Global. Como custo que consideram ser importam-se pouco em conhecer o seu real valor, limitando-se a controlar os seus custos directos. Estes são uma pequena parte dos custos de Manutenção.

Hoje em dia é reconhecido por muitas empresas que a Manutenção é uma fonte de lucro que urge optimizar.

O primeiro passo para um processo de optimização é o conhecimento integral da situação da Manutenção, incluindo o seu custo global.

Outras soluções

Para este objectivo existe a “Auditoria de Manutenção”. Esta auditoria é uma ferramenta fundamental para a sua reorganização, podendo ainda ser utilizada como ponto de partida para um processo de “Contratação” da Manutenção. Assim, faz parte integrante e é mesmo uma etapa essencial do processo de implementação dos projectos CoMaint (Contrato de Manutenção Integral) da Maintphi, pois, para além de cumprir os objectivos atrás estabelecidos, possibilita a quantificação dos benefícios que tal parceria com a Maintphi pode trazer para o Cliente, criando as condições mínimas para que a Maintphi se possa comprometer com eles.

A Maintphi pode ainda efectuar a auditoria como um serviço de “Engenharia de Manutenção” desligado dos projectos CoMaint, estando disponível para adequar a sua prestação de serviço às necessidades de apoio dos seus clientes.

 A Maintphi, para além de ter especialista em Manutenção, possui uma parceria com especialistas em diferentes indústrias. A equipa auditora se necessário, integrará especialistas de Manutenção e do processo industrial em questão.

Siga os passos

Objectivo

Comparação do estado actual da Manutenção com a “Manutenção de Referência”. Avaliação do seu desempenho e apresentação de recomendações e Planos de Acção.

Resultados

Os resultados são apresentados sob a forma de um relatório que reflecte o estado actual da Manutenção e incluirá a apresentação de Sugestões / Recomendações, de um Plano de Melhorias e de ferramentas/meios para as áreas críticas. Conterá a avaliação dos Activos, custos, Organização e Gestão, Planeamento do trabalho, recursos materiais e Humanos. No final, será apresentado o cálculo da Eficiência Global da Manutenção / OEE (Overall Equipment Efficiency) – disponibilidade, velocidade e qualidade, bem como o Cálculo do custo/benefício das acções propostas.

Foco

O foco da auditoria será colocado nos métodos utilizados pela Manutenção, nos Activos a serem mantidos, e nos recursos materiais e Humanos. Durante a análise aos Métodos da Manutenção será avaliado o estado actual do Planeamento do trabalho, política de manutenção preventiva, da subcontratação e da manutenção de 1º escalão executada pelo operador. Os Activos serão avaliados do ponto de vista da Manutenção; será estimada a condição geral desses Activos, a acessibilidade, segurança, edifícios e planta da instalação. A avaliação dos Recursos Materiais inclui uma inspecção à oficina e aos armazéns bem como às ferramentas disponíveis. Os Recursos Humanos serão avaliados estimando a adequabilidade do número e nível de formação desse pessoal. Finalmente, será avaliado o Estado Global de Produção, incluindo taxa de utilização, qualidade, desperdícios, segurança, constrangimentos, transporte e manuseamento de materiais.

Hélder Mendonça

Diretor Geral